rampa-de-acessibilidade

Rampa de Acessibilidade

Rampa de Acessibilidade

A rampa de acessibilidade é, sem dúvida, uma das soluções mais empregadas na tentativa de se atender normas construtivas como a NBR 9050. O problema é que, em muitos casos, não são levados em conta os dimensionamentos previstos ou os cálculos são feitos de maneira incorreta, resultando em rampas intransponíveis para deficientes físicos ou portadores de mobilidade reduzida.

Existem diversos tipos de deficiência e é preciso considerá-las para compreender a importância das limitações impostas pela NBR 9050. Algumas pessoas têm muita força nos braços para mover uma cadeira de rodas, já outras, usam cadeiras elétricas não por capricho, mas porque não tem movimentos nos braços. Além disso, o próprio motor elétrico tem certo limite para empurrar uma pessoa rampa acima. Se ela não tiver a relação correta entre inclinação, desnível e comprimento, será difícil superá-la. Quanto maior for a altura a ser superada, mais suave deverá ser a rampa, a fim de viabilizar o acesso.

 

Rampa de AcessibilidadeRampa Acessibilidade

Exemplos de rampas inacessíveis para deficientes físicos (cadeirantes).

 

Sobre a Inclinação Correta da Rampa de Acesso

Como define a própria NBR 9050, “São consideradas rampas às superfícies de piso com declividade igual ou superior a 5 %.” A inclinação correta da rampa de acesso pode ser calculada da seguinte forma:

formula_calculo_rampa

Onde:

i é a inclinação, expressa em porcentagem (%);

h é a altura do desnível;

c é o comprimento da projeção horizontal.

 

Exemplo 1

medidas_rampa_b

 

Em resumo, as rampas devem ter inclinação de acordo com os limites estabelecidos na Tabela abaixo. Para inclinação entre 6,25 % e 8,33 %, é recomendado criar áreas de descanso nos patamares, a cada 50 m de percurso.

dimensoes_rampa_nbr9050

 

Exemplo 2

rampa_escada

No caso de reformas, quando esgotadas as possibilidades de soluções que atendam integralmente à Tabela acima, podem ser utilizadas inclinações superiores a 8,33 % (1:12) até 12,5 % (1:8), conforme Tabela abaixo:

dimensoes_rampa_excessao_nbr9050

 

Caso você tenha interesse em conhecer a última versão da NBR 9050 na íntegra, acesse www.projemak.com.br/nbr-9050-2015.pdf

Fonte: Desenhos técnicos e tabelas extraídas da própria NBR 9050. Ilustração do exemplo 2 extraído de www.ew7.com.br.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Vídeo Demonstrativo

Com tecnologia própria, a Projemak desenvolve projetos de plataformas elevatórias para acessibilidade, ajudando pessoas com mobilidade reduzida a se locomoverem usufruindo assim o seu direito básico de ir e vir.